Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Casa Civil
Início do conteúdo

Estado adere a projeto de educação e cidadania da Controladoria-Geral da União

Termo de compromisso foi assinado pelo governo para participar do projeto “Um por todos e todos por um! Pela ética e cidadania"

Publicação:

Programa contempla revistas em quadrinhos, vídeos, jogos e trilhas com participação dos personagens da Turma da Mônica
Programa contempla revistas em quadrinhos, vídeos, jogos e trilhas com participação dos personagens da Turma da Mônica
Por https://estado.rs.gov.br/estado-adere-a-projeto-de-educacao-e-cidadania-da-controladoria-geral-da-uniao

O governo do Estado, por iniciativa da subchefia de Ética, Controles Públicos e Transparência da Casa Civil, em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc), assinou um termo de compromisso com a Coordenadoria-Geral da União (CGU) para participar do projeto "Um por todos e todos por um! Pela ética e cidadania".

O programa faz parte de um conjunto de ações de capacitação e gestão do conhecimento voltadas para o público infanto-juvenil, conhecido como Educação Cidadã. Criado em 2009 em colaboração com o Instituto Maurício de Sousa, conta hoje com ampla avaliação positiva de comunidades escolares em todo o Brasil, além de reconhecimento internacional como iniciativa governamental de excelência, destinada a valorizar o comportamento ético e o exercício da cidadania entre crianças e adolescentes.

A assinatura do termo de compromisso de adesão do governo ao projeto ocorreu na manhã desta sexta (7)
A assinatura do termo de compromisso de adesão do governo ao projeto ocorreu na manhã desta sexta (7)

“A tarefa de educar uma criança não é apenas do professor, do governo, é da sociedade como um todo. Todos somos responsáveis pela educação dessas crianças. O professor, o diretor da escola, todos os funcionários, são de alguma forma inspiração e exemplo. O governo é fundamental, a sociedade como um todo, líderes comunitários, todos aqueles que têm possibilidade de dar contribuição para ajudar precisam se engajar porque isso interfere diretamente na vida de todos”, reforçou o governador Eduardo Leite.

Leite lembrou que, enquanto estudante de Direito no município de Pelotas, onde morou, participou de um projeto social com objetivo semelhante a esse que o Estado passa a integrar. "A iniciativa promovia justamente o ensino de noções básicas de direitos, deveres, responsabilidade ambiental, democracia, importância do voto e outras questões importantes na constituição de um cidadão por completo, que entende sua posição na sociedade, seus direitos e deveres, e isso é muito importante para que possamos ter a melhor formação de seres humanos por completo, com todo seu potencial, construindo mais do que indivíduos, mas uma coletividade que entende a importância do outro e que, portanto, respeita e constrói um futuro melhor”, comentou.

Todo o material do programa, que se destaca pela proposta pedagógica, pela riqueza dos recursos didáticos e pelo caráter lúdico, colaborativo e criativo, estará disponível em modo offline (via mídias digitais, links e aplicativos) para locais onde não haja acesso à internet, ou ainda em modo online, hospedado na plataforma AVA MEC, do Ministério da Educação (MEC).

“Temos de iniciar desde crianças, então quero enaltecer a grande iniciativa da CGU que, em parceria com Instituto Maurício de Sousa, desenvolveu esse grandioso programa. É uma alegria poder fazer parte dessa rede, que busca disseminar valores e padrões éticos de conduta na comunidade escolar. Somente com fomento de ações educativas como essa será possível que as crianças de hoje se tornem adultos íntegros no futuro”, ressaltou o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos.

O programa "Um por todos e todos por um!" contempla revistas em quadrinhos, vídeos de animação, jogos e trilhas, todos com a participação dos personagens da Turma da Mônica. Inicialmente, será implementado em três escolas da rede pública estadual de Ensino Fundamental: Professora Leopolda Barnewitz, Gomes Carneiro e Matias de Albuquerque.

“Ética e cidadania estão relacionados à nossa forma de estar no mundo, individual e coletivamente. Sabemos que o universo das crianças está nas escolas, sobretudo nas escolas públicas – cerca de 80% das crianças do Ensino Fundamental do Rio Grande do Sul estão nas nossas escolas. Portanto, esse engajamento por parte dos diretores escolares é muito importante, e é exatamente com o trabalho deles que construíremos essa transformação que a escola permite. As crianças que estão conosco nas escolas hoje vão ocupar empregos que ainda não foram criados, vão ter de aprender a conviver em um mundo em que as regras de convivência, de desperdício, serão diferentes, e as escolas são o espaço para esse aprendizado”, destacou a secretária da Educação, Raquel Teixeira.

Empatia, integridade, participação social, diálogo, preservação ambiental, democracia, responsabilidade, cidadania e controle social, ética, comunicação, transparência e Lei de Acesso à Informação são alguns dos temas abordados no projeto. O Rio Grande do Sul, dessa forma, dá mais um passo importante para a transformação do ensino.

O evento também contou com a participação da secretária de Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, do superintendente da Controladoria-Geral da União no Estado, Carlos Alberto Rambo, da presidente do Instituto Criança Mais Feliz RS, Sinara Sonallio, da presidente da organização Todos pela Educação, Priscila Cruz, e do líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes, além de um depoimento gravado do cartunista Maurício de Sousa.

• Confira a transmissão na íntegra aqui.

Central do Cidadão